Depilação a laser, saiba tudo sobre o procedimento

9 DE agosto DE 2016

Para a maioria das mulheres, os pelos são bem indesejados e considerados um grande incômodo no dia a dia. Muitas delas buscam por procedimentos que os eliminem completamente. Porém, as depilações convencionais devem ser feitas com uma certa frequência e não retiram o pelo por completo, diferente da depilação a laser,.Entenda:

A depilação com lâmina não retira o pelo pela raiz e, por ele continuar nascendo, temos a impressão que ele nasce mais grosso pois ele é cortado externamente, justamente no lugar em que fica mais espesso. Sem contar que esse tipo de depilação pode trazer manchas à pele da pessoa.

A depilação a cera, além de ser muito dolorida, necessita de uma certa quantidade de pelos para ser bem executada. É preciso deixar os pelos crescerem até certo ponto para conseguir fazer o procedimento – o que é pior para as mulheres que querem se livrar dos pelos indesejáveis.

A opção mais viável para as mulheres que querem se livrar dos pelos – e das depilações – é a depilação a laser. Essa técnica está sendo muito procurada por trazer praticidade para a vida da mulher entre outros benefícios.

No post de hoje, explicaremos tudo sobre o procedimento. Continue lendo e anote qualquer dúvida para os comentários:

A formação do pelo

Antes de falarmos sobre a depilação a laser, precisamos ter em mente algumas definições:

O pelo é formado pela haste e pela raiz, e é produzido no folículo piloso. A raiz do pelo é uma expansão arredondada conhecida pelo nome de bulbo piloso.

A depilação a laser

Os métodos de depilação que citamos no começo do texto só eliminam parte do pelo, ou quando conseguem tirá-lo da raiz – no caso da pinça – ainda deixam a célula da mesma forma. Ao contrário desses tipos de depilação, a depilação a laser tem a finalidade de enfraquecer a formação dos pelos, trazendo uma diminuição definitiva.

A depilação a laser é um método de retirada progressiva dos pelos e é feita através da energia luminosa do laser. Entenda:

  • O procedimento é feito com um aparelho específico que libera uma energia em forma de luz;
  • A força lançada pelo aparelho na pele é transformada em calor;
  • Esse calor é conduzido até o folículo e o bulbo piloso, fazendo essas estruturas serem destruídas;
  • A destruição dessas estruturas enfraquece e diminui a formação e o crescimento dos pelos.

 

Tudo isso ocorre graças a melanina – já falamos um pouco dela por aqui – que além de estimular a cor do pelo, absorve a luz e a transforma em calor. Assim, o laser gera a luz correta que a melanina é capaz de absorver completamente, resultando no processo de aquecimento.

O procedimento pode ser indolor

Sim. Existem aparelhos, aprovados pela Anvisa, que possuem um resfriamento na ponteira – o que garante maior conforto durante a aplicação, eliminando os pelos gradualmente. Além disso, esses equipamentos servem tanto para a depilação a laser em si, quanto para retoques e pequenas áreas, e foram feitos para todo o tipo de pele brasileira.

Por isso, para a sua segurança e conforto, ao optar pela depilação a laser, procure pela unidade mais próxima a você de uma clínica estética de confiança que possua esse tipo de aparelho.

Além de ser um tratamento duradouro, a depilação a laser é a técnica de depilação com o maior custo benefício, proporciona mais tempo para você e traz praticidade no seu dia a dia. Afinal, a vida é bem mais simples quando não precisamos encaixar a depilação entre todos os afazeres do dia.

Ainda tem alguma dúvida sobre a depilação a laser? Deixe aqui o seu comentário! Quer conferir mais dicas, tendências de estética e cuidados com o corpo? Conheça outros tratamentos.

 

Siga-nos nas redes sociais:
Instagram: @p_palazzo
Facebook: fb.com/PriscilaPalazzoEstetica

Compartilhe nas redes sociais